Pelo menos da Argentina…

Toda vez que os Jogos Olímpicos terminam me lembro porque não tenho saco de acompanhá-los. Noventa por cento dos embates esportivos são chatos e dispensáveis. Ilhas Cayman versus Trinidad e Tobago no tênis de mesa? Quirguistão versus Togo no badmington? Vietman versus Moldávia na luta greco-romana?

Agora me respondam: O que a Jamaica, Quênia e Etiópia têm em comum?

Ficaram na frente do Brasil na classificação geral. Quando você perde para Etiópia, alguma coisa vai mal… Ainda mais quando o COB é bancado por verbas públicas. Sugiro ao senhor Nuzman que na próxima Olimpíada, em Londres, envie apenas os atletas com alguma chance real de medalha em vez de 50 qualificados e 200 figurantes. Vai poupar dinheiro e, principalmente, muita torcida a toa. Pelo menos na Copa do Mundo ganhamos uma vez sim outra não.

Entretanto duas coisas não vou esquecer tão cedo:

Michael Phelps – 8 medalhas de ouro e 7 recordes mundiais. Foi como ver Pelé ou Michael Jordan atuando em um dia inspirado.

Usain Bolt – 3 ouros e 3 recordes mundiais praticamente inquebráveis. Quando perguntaram como ele havia passado o dia se preparando para as provas ele respondeu: “Acordei às 9, comi uns nuggets, vi um pouco de televisão, dormi mais um pouco, comi mais uns nuggets e vim para cá…”

Pelo menos, no quadro de medalhas, ganhamos da Argentina….

Anúncios

~ por inguinoranssa em agosto 24, 2008.

Uma resposta to “Pelo menos da Argentina…”

  1. esse Usain é o cara!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: